empresaserviçosunidadesnotíciasprojetoscotaçãocontato
Como resultado de nosso compromisso com a qualidade, a Coligados Transportes Internacional foi auditada em fevereiro de 2017 e obteve a certificação ISO 9001, garantindo a excelência dos serviços prestados.
<... [ + ]

Portaria da Inspetoria da Receita Federal de Corumbá define como prazo máximo de armazenamento nos armazéns das transportadoras internacionais em 30 dias.
Clique aqui e saiba mais... [ + ]

Transporte de equipamento sobre dimensionado cliente Siemens

Transporte de equipamento sobre dimensionado cliente Siemens.

Usina de Asfalto
Carregamento e remoção de mercadorias sobre dimensionadas - Usina de Asfalto.

sac_stacruz@hotmail.com
Sac on line - atendimento das 8:00 às 18:30


SENADOR DELCÍDIO ABRE DIÁLOGO ENTRE RECEITA FEDERAL E TRANSPORTADORES / EXPORTADORES DE CORUMBÁ.

O senador Delcídio Amaral (PT-MS), acompanhado do assessor técnico, Ângelo Rabelo, realizou na noite desta quinta-feira reunião do vereador de Corumbá, Marcos de Souza Martins, do Gerente da Transportadora Sicall, Paulo Farias, do Presidente da Associação Corumbaense de Comércio Exterior - Acomex, Jorge Torres, do Diretor da Transnet Logística de Transporte, Carlos Marques, do Gerente da Transnet Logística de Transporte, Manoel Garcia e do Diretor da Transportadora Santa Cruz Coligados, Alexandre Otsuso, com o Secretário-Geral da Receita Federal, Jorge Rachid, para solicitar medidas que viabilizem o transporte de produtos destinados à exportação na fronteira de Corumbá com a Bolívia.

Há cerca de três meses, a Receita Federal vem exigindo o cumprimento de uma Lei criada em 1997, que determina que os  produtos destinados à exportação sejam armazenados num único depósito alfandegado da permissionária AGESA, impedindo o armazenamento nas próprias transportadoras.

Hoje, transportadores exportadores, indústrias e caminhoneiros  estão com suas logísticas de trabalho comprometidas, uma vez que a AGESA não dispõe de espaço físico suficiente para atender a demanda, que se multiplica a cada dia.

A situação é insustentável, pois não há opção de armazenamento. A operação das transportadoras está paralizada, os prazos não estão sendo cumpridos, as indústrias estão abarrotadas de mercadorias, os caminhoneiros encontram-se retidos em filas quilométricas inviabilizando o transporte rodoviário.

As diárias acumuladas cobradas das transportadoras pelos caminhoneiros encarece as exportações brasileiras e inviabiliza os custos de transporte. Por outro lado, os transportadores, fiéis depositários, não conseguem descarregar suas mercadorias na AGESA por falta de espaço físico.

Segundo o vereador Marcos de Souza Martins, Corumbá está numa encruzilhada considerando o iminente fechamento dos depósitos das transportadoras e a inevitável demissão de funcionários.

Para os transportadores, a soma desses fatores representa prejuízos financeiros incalculáveis com a perda de crédito do país no comércio exterior, especialmente na fronteira de Corumbá com a Bolívia.

“Por esse motivo, procuramos o senador Delcídio Amaral que abriu para nós o diálogo com a Receita Federal. Ciente da situação, o secretário Jorge Rachid considerou pertinentes as nossas reivindicações e se comprometeu, juntamente com Delcídio, a encontrar uma solução que atenda as nossas reivindicações, até a próxima semana”, informou o vereador.

27/03/2008

Parceria com Odebrecht.



Usina de Asfalto



Novo escritório - Bolívia.



     
 
home | empresa | serviços | unidades | notícias | projetos | cotação |contato